YoutubeFacebook

Mensagens

COMO RESISTIR À TENTAÇÃO

 Com certeza a vida cristã é marcada por tentações, provações, tribulações, tempestades e muito mais. Ser tentado não é pecado. Pecado é cair ou ceder à tentação. Jesus orou pedindo ao Pai para não nos deixar cair em tentação (Mateus 6.13).

 
Somos tentados constantemente e de várias maneiras. Há tentações sexuais, materiais, culturais e tentações em quase todas as áreas da vida. É impossível viver sem ser  tentado. As principais tentações que atingem os crentes são nas áreas de sexo, dinheiro e vaidade pessoal (orgulho). A questão em foco é como resistir à tentação. 
 
José do Egito foi tentado sexualmente pela mulher de Potifar, quando chegou a ser mordomo na casa de Potifar. Ela pôs os olhos em José e o seduziu sexualmente. O jovem José resistiu ao assédio e não pecou contra o Senhor, pois era um homem temente a Deus (Gênesis 39).
 
Charles R. Swindoll, em seu livro “José – Um homem íntegro e indulgente”, apresenta conselhos práticos para resistir à tentação:
 
1. Você não deve enfraquecer-se com a sua situação.
José estava bem na casa de Potifar. Ele tinha tudo, segurança econômica, era respeitado e de boa aparência física. Porém, não cedeu à tentação pelo fato de ter boa situação.
 
2. Você não deve ser enganado pela persuasão.
José foi tentando com palavras certas, quem sabe doces e ditas na hora certa. Talvez a mulher tenha dito: “Meu marido não me satisfaz! Estamos sozinhos aqui! Só dessa vez e nunca mais! A Graça de Deus cobre algo tão natural!”. Ele não foi enganado pela persuasão do inimigo, que é astuto, sagaz e se veste de anjo de luz.
 
3. Você não deve ser gentil com suas emoções.
É lógico que os sentimentos internos clamam por satisfação. A tentação trabalha os sentimentos. Mas José resistiu. Ele foi rude e fugiu rapidamente. Ele não se entregou aos sentimentos, pois o seu maior desejo era agradar ao Senhor. Seus sentimentos estavam cativos ao Senhor.
 
4. Você não deve ficar confuso com os resultados imediatos.
José foi levado para prisão. Sua vida mudou completamente. Porém, ele não ficou confuso e nem blasfemou contra Deus. Isso quer dizer que podemos até perder o emprego, a aceitação do grupo, ser ridicularizado ou expulso, porém o mais importante é não ceder à tentação.
 
Resistamos às tentações que estão cada vez mais presentes diante de nós. Que Deus nos ajude!
 
Rev. Anderson Sathler
Igreja Presbiteriana de Manhuaçu
Praça 5 de Novembro 406 . Centro . Manhuaçu . Minas Gerais
Telefone: 33. 3331.1055
w3vision